Agente da CIA é investigado por violentar 2 muçulmanas na Argélia

Washington, 28 jan (EFE).- Um membro da CIA (agência central de inteligência americana) dos Estados Unidos é investigado por abusar sexualmente de duas mulheres muçulmanas na Argélia, informou hoje a rede de televisão ABC News.

EFE |

A emissora acrescentou que a denúncia foi apresentada pelas mulheres em setembro, quando afirmaram que o agente não identificado ofereceu a elas uma bebida que as deixou inconscientes.

Uma das supostas vítimas disse que conheceu o agente em um bar da embaixada e que foi levada à casa dele, onde foi atacada sexualmente.

Já a outra disse ter sido drogada na residência oficial americana em Argel e contou que, depois, foi violentada.

Nos dois casos, as mulheres assinaram declarações juramentadas perante investigadores enviados de Washington para preparar uma acusação criminosa contra o agente, disse "ABC News".

A emissora de televisão que citou fontes policiais afirmou que, após receber a denúncia, o embaixador na Argélia, David Pearce, ordenou o retorno do agente aos Estados Unidos.

A "ABC News" ressaltou que o agente também está sob investigação, após terem sido descobertos mais de dez vídeos que o mostram fazendo sexo.

A rede de televisão afirmou que as investigações se estenderam ao Egito, onde o agente trabalhou antes de ir à Argélia.

Fontes da CIA em Washington não quiseram confirmar a informação ou identificar o agente, mas Mark Mansfield, diretor de relações públicas desse organismo do Governo dos EUA, afirmou que "a agência considera com muita seriedade e averiguará qualquer denúncia de comportamento indevido".

No mesmo sentido se expressou o porta-voz adjunto do Departamento de Estado, Robert Wood, que afirmou que o Governo "leva a sério qualquer acusação de mau comportamento que envolve funcionários americanos no exterior".

O agente voltou a Washington e o Governo está investigando as acusações, acrescentou. EFE ojl/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG