Agente bêbado mata chefe da Polícia nas Filipinas

Inspetor disparou contra seu superior, após ser repreendido por chegar bêbado ao trabalho

EFE |

Um chefe da Polícia morreu no norte das Filipinas após ser alvejado por outro agente, que chegara bêbado ao trabalho, informaram fontes policiais neste domingo.

O caso ocorreu em Talavera, na província de Nueva Écija, quando o inspetor Bernardo Castro disparou várias vezes contra seu superior, o superintendente Ricardo Dayag, que o havia repreendido por chegar bêbado ao trabalho e disparar para o ar por ocasião do Ano Novo.

Apesar de estar proibida, a prática de atirar para o ar nas celebrações de Ano Novo ainda é comum nas Filipinas. Durante as festas pela chegada de 2011, as balas perdidas deixaram pelo menos dois mortos e 20 feridos.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG