Agências da ONU levam ajuda a deslocados na RDC

Genebra, 31 out (EFE) - Uma missão conjunta do Programa Mundial de Alimentos (PMA), do Fundo das Nações Unidas para a Infância e do Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (Acnur) ajudou hoje a transferir um carregamento de biscoito de um centro médico para deslocados em Kibati, na República Democrática do Congo (RDC).

EFE |

Apesar a movimentação dentro da cidade, capital de Kivu Norte, e fora dela continuar sendo limitada pela situação de segurança, as agências humanitárias empregaram um "pequeno corredor humanitário" para ir de Goma até Kibali.

O objetivo era levar ajuda às dezenas de milhares de deslocados pelos combates dos últimos dias entre o Exército da RDC e forças rebeldes tutsis.

O PMA informou hoje à tarde em comunicado que espera iniciar as distribuições de alimentos no fim de semana, e ressaltou que possui reservas suficientes em Goma para responder imediatamente aos novos deslocados.

A porta-voz do Escritório de Ajuda Humanitária da ONU, Elisabeth Byrs, confirmou hoje que o cessar-fogo declarado há dois dias pelos rebeldes se mantém, apesar de "a situação de segurança ser tensa", e de as Forças Armadas congolesas terem abandonado Goma. EFE vh/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG