Agência diz estar longe de determinar causas de queda do AF447

PARIS (Reuters) - Os investigadores da queda do Airbus A330, que fazia a rota Rio-Paris da Air France, estão longe de determinar as causas do acidente, declarou nesta quinta-feira o BEA, órgão francês que investiga a tragédia. Nós estamos bem longe de determinar as causas do acidente, disse a jornalistas Alain Bouillard, chefe das investigações.

Reuters |

Alain Bouillard apresentou o primeiro relatório sobre o acidente com o avião da Air France que fazia o voo AF 447 e caiu no oceano Atlântico depois de decolar no dia 31 de maio do Rio de Janeiro.

(Por Clément Guillou e Gérard Bon)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG