Agência da ONU diz que já é seguro voar na Europa

Nações Unidas, 20 abr (EFE).- A Organização Internacional de Aviação Civil (Icao), uma agência da ONU, assegurou hoje que já é seguro novamente voar na Europa, depois que as autoridades reabriram grande parte do espaço aéreo do continente após vários dias de fechamento pela erupção do vulcão na Islândia.

EFE |

"Decidiram restabelecer as operações na Europa, o que quer dizer que é seguro", disse o presidente da Icao, o mexicano Roberto Kobeh González, após realizar uma reunião com o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon.

O secretário-geral da Icao, Raymond Benjamin, que também esteve no encontro, explicou que as autoridades europeias consideram que as cinzas do vulcão deixaram de representar um alto risco para as turbinas dos aviões.

"Se há cinzas, não se voa", afirmou Benjamin. Segundo ele, nem as próprias fábricas de turbinas podem dizer com precisão a quantidade de cinzas que os aparelhos que produzem podem absorver.

Por isso, deixou clara a disposição da agência da ONU de começar a estudar a possível criação de padrões internacionais sobre a quantidade de cinzas no ar que podem ser perigosas para a aviação comercial.

O espaço aéreo europeu começou a ser aberto hoje após vários dias fechado por causa das nuvens de cinzas geradas pelo vulcão sob a geleira Eyjafjalla. A incerteza, porém, permanece pela possibilidade de que uma nova fumaça seja gerada.

A Eurocontrol, a agência responsável pela segurança aérea na Europa, informou que os países em que não era permitido voar esta tarde eram apenas Dinamarca, Estônia, Irlanda, Letônia, Suécia e Reino Unido. EFE jju/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG