África do Sul segue em recessão pelo 3º trimestre consecutivo

Johanesburgo, 18 ago (EFE).- A economia sul-africana continua em recessão pelo terceiro trimestre consecutivo, com uma contração de 3% no Produto Interno Bruto (PIB) entre 1º de abril e 30 de junho deste ano, segundo informações oficiais de hoje.

EFE |

Segundo o Departamento de Estatísticas da África do Sul, a contração do PIB a respeito do trimestre anterior, no qual a economia do país retrocedeu 6,4%, representa um "ajuste sazonal do PIB real aos preços do mercado".

A maior economia da África sofre a recessão mais grave desde o início dos anos 90, e os setores atingidos por esta crise com mais força são a indústria manufatureira, o comércio atacadista e no varejo, a hotelaria, as finanças, os serviços imobiliários, a agricultura e a pesca.

No entanto, seguem com sinal positivo a construção, os serviços governamentais, a mineração e os serviços pessoais.

A recessão mundial afeta as exportações da África do Sul, especialmente de automóveis e determinados metais, como a platina, o que levou à perda de milhares de postos de trabalho no país. EFE cho/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG