O presidente da Zâmbia, Levy Mwanawasa, cujo preside a Comunidade para o Desenvolvimento da África Austral (SADC), afirmou neste sábado na cúpula de Lusaka que os países da região não podem ignorar o que ocorre no Zimbábue.

"A SADC não pode esperar e não fazer nada quando um dos seus membros está atravessando dificuldades políticas e econômicas", afirmou Mwanawasa, atual presidente da SADC.

"Seria equivocado ignorar quando um dos nossos vizinhos está em crise", disse.

Os 14 países da SADC se reúnem neste sábado em uma cúpula extraordinária para analisar a situação no Zimbábue, que duas semanas após as eleições presidenciais, ainda não divulgou os resultados.

co/fb

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.