honra pega prisão perpétua na Alemanha - Mundo - iG" /

Afegão que matou irmã por honra pega prisão perpétua na Alemanha

BERLIM - Um afegão de 24 anos naturalizado alemão foi condenado nesta quinta-feira à prisão perpétua em Hamburgo por assassinar a irmã de 16 anos por questão de honra familiar, devido à adolescente ter um estilo de vida ocidental que chocava com os costumes de seu país de origem.

EFE |

Ahmad-Sobair Obeidi, matou a irmã Morsal, com 23 facadas em um estacionamento no bairro de St. Georg, em Hamburgo, em 15 de maio de 2008.

O tribunal acatou o pedido de pena da procuradoria, que acusou ao jovem de matar por motivação fútil, enquanto sua defesa havia solicitado que o crime fosse classificado não como homicídio premeditado, mas cometido em um estado de privação momentânea de sentidos.

Presente no tribunal, a família do homicida gritou em protesto pela condenação do assassino de sua filha e bateu no vidro blindado de segurança que protege a sala de audiência.

O juiz Wolfgang Backen, presidente do tribunal, disse, durante a leitura da sentença que Obeidi "por um lado, amava sua irmã, mas, por outro, a odiava devido ao seu estilo de vida".

O juiz ressaltou que enquanto o resto de seus irmãos se "atinham às estritas regras de comportamento afegãs, a jovem tinha suas próprias ideias".

Durante seu discurso final, a procuradoria ressaltou que, para o assassino, "sua irmã não se comportava como devia. Em seu mundo machista só cabia uma resposta: ela devia desaparecer".

Os promotores acrescentaram que Ahmad-Sobair Obeidi pôs a suposta honra familiar acima da vida de sua irmã e planejou seu assassinato com muito tempo de adiantamento.

O assassinato de Morsal causou indignação na Alemanha, onde se discute sobre a recusa de muitos imigrantes em se adaptar à sociedade local e sobre a exigência de pais a seus filhos de respeitar costumes alheios a suas vidas cotidianas.

O condenado foi detido um dia depois do crime pela Polícia, à qual fez uma ampla confissão, embora depois, diante do tribunal, tenha negado a intenção de matar a irmã.

Leia mais sobre Afeganistão

    Leia tudo sobre: afeganistão

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG