Afeganistão volta a acusar forças internacionais de matar civis

As autoridades afegãs e parentes das vítimas acusaram novamente nesta segunda-feira as forças internacionais pela morte de civis em ataques aéreos no nordeste do país.

AFP |

O governo afegão se queixa com frequência de que as operações da coalizão liderada pelo Exército americano e a Força Internacional de Assistência à Segurança (Isaf) da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) contra os talebans deixam vítimas entre a população civil.

No domingo à noite, um bombardeio aéreo atingiu várias casas e seis pessoas morreram, incluindo duas crianças e uma mulher, no distrito de Watapur, província de Kunar, acusou o governador do distrito, Zalmai Yusufzai.

Outras sete crianças, uma mulher e seis homens ficaram feridos. "Estávamos dormindo quando o teto desabou", contou à AFP a adolescente Zakirullah, internada em um hospital de Asadabad.

"Não lembro de mais nada, mas me disseram que meu pai, minha mãe e minha irmã pequena morreram", disse.

A Isaf confirmou que "algo" aconteceu na região no domingo à noite, mas não divulgou nenhum detalhe nesta segunda-feira.

Leia mais sobre Afeganistão

    Leia tudo sobre: afeganistão

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG