As eleições presidenciais no Afeganistão foram marcadas para o dia 20 de agosto, anunciou nesta quinta-feira a comissão eleitoral nacional.

O atual presidente Hamid Karzaï deve se apresentar a um novo mandato e aparece como favorito, principalmente depois do apoio concedido pela Casa Branca.

Na véspera, os Estados Unidos afirmaram que continuam apoiando o presidente Karzai, enquanto Washington estuda o futuro de sua participação neste país.

"Apoiamos o presidente democraticamente eleito do Afeganistão", disse o porta-voz do Departamento do Estado, Robert Gibbs, acrescentando que, de qualquer maneira, a "revisão da política continua, para assegurarmos o êxito nessa região. Mas ainda não está completa".

O presidente Barack Obama também afirmou que tem "decisões difíceis" a tomar sobre o Afeganistão, após sua primeira visita ao Pentágono, onde se reuniu com chefes militares.

"Teremos algumas decisões difíceis a tomar sobre o Iraque e sobre o Afeganistão imediatamente", disse Obama, após uma reunião de 90 minutos com os comandantes militares.

dab-lal/cn

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.