Um soldado britânico morreu neste sábado porque não resistiu a seus ferimentos sofridos em uma ação no Afeganistão, elevando a 200 os militares enviados por Londres ao país asiático mortos desde à invasão liderada pelos Estados Unidos em 2001, informou o ministério da Defesa.

O soldado pertencia ao segundo batalhão The Royal Welsh. Morreu em um hospital do centro da Inglaterra para onde foi levado após ter sido ferido em uma explosão na sulista província afegã de Helmand em 13 de agosto, informou o ministério em um comunicado.

ar/lm

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.