Afeganistão espera fechamento da prisão de Guantánamo prometido por Obama

As autoridades afegãs esperam que se torne realidade a promessa do presidente eleito Barack Obama de fechar a prisão de Guantánamo, declarou nesta terça-feira o porta-voz da presidência.

AFP |

"O presidente Obama prometeu, durante sua campanha, o fechamento de Guantánamo; esperamos que essa promesa se concretize", indicou o porta-voz da presidência afegã, Humayun Hamidzada, durante uma coletiva de imprensa em Cabul.

Guantánamo, está situado na base naval que os Estados Unidos têm em Cuba, está destinado aos homens presos por supostas relações com a Al-Qaeda e os talibãs afegãos.

A prisão se conveteu no símbolo dos excessos da "guerra contra o terrorismo" do presidente George W. Bush, atraindo duras críticas da comunidade internacional.

Mais de 800 homens, adultos e adolescentes, passaram pelo campo de Guantánamo, cuja legitimidade é questionada desde que foi aberto, em janeiro de 2002.

Atualmente possui 250 detidos, a maior parte sem indiciamento ou processo legal.

Apenas 21 foram indiciados por crimes de guerra e 20 devem ainda comparecer ante os tribunais militares de exceção.

Mais de 60 presos esperam seu traslado para sus países de origem, seja para serem libertados ou para continuarem presos.

wm/thm/cn

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG