Afeganistão: chefe das forças especiais britânicas renuncia

O chefe das forças especiais britânicas no Afeganistão, o major Sebastian Morley, renunciou com uma carta na qual acusa o governo de Londres de não equipar o suficiente seus homens, informou o Daily Telegraph em sua edição deste sábado.

AFP |

O comandante dos SAS (serviços especiais da aviação britânica) no Afeganistão acusa o governo de "subinvestimento crônico" em termos de equipamentos para os militares, segundo o jornal.

O major Morley, cuja renúncia também se deve a razões pessoais, mostrou em várias ocasiões, publicamente, sua preocupação com o equipamento demasiado ligeiro dos veículos tipo Snatch Land Rover, usados para o transporte das tropas, lembrou o Daily Telegraph.

Quatro soldados britânicos morreram em junho quando seu veículo foi lançado pelo ares por uma mina na província de Helmand, ao sul do Afeganistão.

ar/lm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG