Afeganistão assumirá em poucos meses a gestão da prisão de Bagram

Cabul, 11 jan (EFE).- O Governo do Afeganistão anunciou hoje que chegou a um acordo com as forças estrangeiras para assumir dentro de poucos meses o controle da prisão de Bagram, situada na principal base militar dos Estados Unidos no Afeganistão.

EFE |

Em entrevista coletiva em Cabul, o porta-voz afegão de Defesa, Zahir Azimi, explicou que o acordo já foi assinado pelo ministro de seu departamento, Rahim Wardak, e pelo chefe das tropas internacionais no Afeganistão, o general Stanley McChrystal.

"Estamos satisfeitos e preparados para que a prisão passe para as mãos das autoridades afegãs", disse Azimi, acompanhado do vice-almirante americano Robert Horword.

O porta-voz não detalhou quando o Governo afegão administrará o complexo carcerário de Bagram, mas explicou que o objetivo da decisão é dar aos prisioneiros os direitos garantidos pela Constituição afegã.

Segundo Horword, no começo, a Defesa terá maior responsabilidade, que depois será transferida ao Ministério da Justiça.

Na prisão de Bagram, cerca de 60 quilômetros de Cabul, estão 750 presos, entre eles 30 estrangeiros.

Cerca de 400 pessoas saíram da prisão desde 2001, quando os EUA invadiram o Afeganistão para retirar os talibãs do poder.

Alguns ex-prisioneiros denunciaram ter sido vítimas de abusos durante sua estadia nesta prisão administrada pelo Exército dos EUA.

EFE lo-amp/dm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG