As forças afegãs e internacionais mataram sábado 35 rebeldes no Afeganistão e, neste domingo, dois policiais e um candidato à eleição morreram, segundo fontes oficiais.

Na província de Kandahar (sul), o exército afegão, apoiado pela aviação das forças internacionais, bombardeou várias guaridas dos talibãs, matando 35 insurgentes, segundo um comunicado do ministério da Defesa afegão.

Outros rebeldes foram feridos nesta operação, que ocorreu no distrito de Shah Wali Kot, acrescentou.

No leste do país, em Torjam, na fronteira com o Paquistão, um atentado suicida contra um posto policial "matou dois policiais e feriu outro", segundo um responsável local da polícia, Mohammad Zaman Mamozai.

Na província de Kunduz (norte), um candidato às eleições provinciais, Jan Mohammad, foi assassinado neste domingo á tarde por desconhecidos enquanto fazia campanha em Waziriya, uma aldeia do distrito de Archi, informou à AFP o porta-voz da província, Mabubulá Saidi.

bur-emd/lm

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.