Afeganistão: 24 mortos em atentado e ataque aéreo da ISAF

Vinte e quatro pessoas, entre elas três policiais e quatro supostos talibãs, morreram no Afeganistão em dois atentados no sábado e em um ataque aéreo, na sexta-feira, da Força Internacional de Assistência à Segurança (ISAF) da OTAN, segundo fontes oficiais.

AFP |

Dois policiais morreram na explosão de uma bomba próxima do veículo em que estavam, neste sábado, na província de Ghazni (sul), indicou um responsável da província, Zia Wali, que atribuiu o ataque aos talibãs.

Outros três policiais ficaram feridos no ataque,

Um terceiro agente de segurança morreu e outro ficou ferido em um ataque similar neste sábado, na província de Fara (sudoeste), segundo o chefe regional da polícia, Jalilula Ziayee, que também acusou os talibãs.

Neste sábado, quatro supostos talibãs morreram quando o carro em que viajavam - e que teria explosivos - explodiu na província de Langhman, indicou um responsável provincial.

Quinze talibãs morreram na sexta-feira em Paktia (leste) em um ataque aéreo realizado pela ISAF, indicou o porta-voz das autoridades locais, Rahmatual Smaoon.

A ISAF não confirmou o ataque.

Os talibãs - mulçumanos fundamentalistas expulsos do poder do Afeganistão por uma coalizão militar liderada pelos Estados Unidos em 2001- realizam uma sangrenta rebelião contra o governo de Cabul, que por sua vez é apoiado pela comunidade estrangeira e por forças militares internacionais.

A ISAF conta com 70.000 soldados estrangeiros no Afeganistão.

stra-sak/fb

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG