Afeganistão: 17 supostos rebeldes mortos em operações internacionais

Dezessete insurgentes morreram no Afeganistão em duas operações efetuadas pelas forças internacionais conjuntamente com o exército afegão, anunciou nesta quarta-feira o exército americano em dois comunicados.

AFP |

Na província de Cabul, a cerca de 35 km da capital, as tropas americanas e afegãs mataram terça-feira 11 rebeldes durante uma operação contra o Hezb-e-Islami, grupo armado radical do chefe de guerra afegão Gulbuddin Hekmatyar, afirmou um primeiro comunicado.

A ofensiva aconteceu no distrito de Sarubi, onde os rebeldes mataram dez soldados franceses em agosto passado, na mais grave operação terrestre estrangeira desde 2001. A emboscada foi assumida pelo Hezb-e-Islami e outros insurgentes talibãs.

O exército americano informou ainda que mais seis supostos rebeldes morreram em bombardeios aéreos durante outra operação realizada na terça-feira junto com as tropas afegãs no leste do país, sem dar maiores detalhes.

Algumas fontes informaram sobre vítimas civis. A Força Internacional da Otan no Afeganistão (ISAF) disse que está investigando os bombardeiros e que os ataques foram dirigidos contra "rebeldes inimigos".

Os balanços destas operações não foram confirmados por fontes independentes.

br/lm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG