Christophe Guillot-Noël, irmão de uma das vítimas do acidente com o avião da Air France que caiu no Atlântico quando seguia do Rio para Paris, criou uma associação de familiares para compensar a falta de apoio da Air France, revela neste domingo o jornal Le Parisien.

"Estamos muito decepcionados com a falta de humanidade por parte da Air France (...) Não sentimos nenhuma empatia" de parte da companhia aérea, disse Guillot-Noël ao jornal.

O grupo será chamado de "Associação pela Verdade e pela Defesa dos Direitos das Vítimas do Voo AF 447".

mat/LR

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.