Aeroportos hondurenhos reabrem após toque de recolher

Tegucigalpa, 24 set (EFE).- Os aeroportos de Honduras reabriram hoje, após o fim do toque de recolher imposto na segunda-feira pelo Governo de fato, depois do retorno do deposto presidente Manuel Zelaya, mas os voos internacionais continuam suspensos.

EFE |

O diretor de Aeronáutica Civil de Honduras, Alfredo San Martín, confirmou à "Rádio América" que, "com a suspensão do toque de recolher, se normaliza" as operações nos quatro aeroportos internacionais do país, mas, "momentaneamente, só para os voos locais".

San Martín disse confiar em que serão retomados "o mais em breve possível" os voos internacionais, uma decisão que depende "da Presidência da República".

Honduras tem aeroportos internacionais em Tegucigalpa, San Pedro Sula, e nas caribenhas La Ceiba e Roatán.

O toque de recolher terminou hoje às 6h (9h de Brasília), segundo o Governo, que fez uma chamada para que os setores público e privado normalizem suas atividades.

A medida restritiva esteve em vigor desde segunda-feira, mas ontem foi suspensa durante sete horas para que a população pudesse comprar alimentos, água e combustíveis, e foi restabelecida às 17h (20h de Brasília), até terminar hoje. EFE lam/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG