Aeroportos dos EUA terão novo sistema de detecção

Menos invasivo, novo programa de revista corporal de passageiros eliminará imagens de corpos nus

iG São Paulo |

AFP
Scanner corporal é testado em aeroporto dos Estados Unidos (foto de arquivo)
Após reclamações e protestos em relação aos scanners corporais instalados nos aeroportos americanos, a Agência de Segurança do Transporte (TSA) anunciou nesta quarta-feira que instalará um novo sistema de detecção menos invasivo.

Um novo programa para fazer a revista corporal de passageiros em aeroportos americanos vai eliminar as imagens de corpos nus, anunciou nesta quarta-feira a TSA.

Depois de queixas de passageiros, a TSA começou neste ano a testar em quatro aeroportos um programa para os scanners de corpo inteiro que traça um contorno genérico do corpo, destacando áreas em que seja detectada qualquer anomalia e eliminando a imagem real do passageiro.

De acordo com John Pistole, diretor da TSA, o novo equipamento foi "concebido para preservar a privacidade das pessoas e será capaz de detectar objetos potencialmente perigosos a partir de uma silhueta genérica para todos os passageiros". "Ao substituir as imagens reais dos passageiros por uma silhueta genérica, tanto os agentes de controle como os clientes verão uma única silhueta", disse Pistole em um comunicado.

A previsão é que o novo dispositivo seja instalado progressivamente nos próximos días, precisou a agência. A decisão foi tomada após a apresentação de queixas de passageiros indignados ao ter suas partes íntimas expostas em público.

Bomba

Os scanners corporais foram instalados após uma tentativa frustrada de atentado em dezembro de 2009 em um avião, quando um homem escondeu uma bomba artesanal em sua cueca.

Cerca de 400 novos scanners avançados foram instalados em mais de 60 aeroportos do país para evitar potenciais ataques terroristas, mas, para alguns, essas medidas representam uma violação da intimidade.

*Com AFP e Reuters

    Leia tudo sobre: euaaeroportossegurançascanner corporal

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG