Aeroportos de Paris reabrem após tempestade

PARIS - Os três aeroportos de Paris retomaram suas atividades nesta terça-feira às 11h locais (8h de Brasília), após ficarem parados por toda a noite e a madrugada devido a uma tempestade que deixou cerca de 600 mil imóveis sem eletricidade no centro e no oeste do país, informaram as autoridades.

EFE |

A atividade nos aeroportos de Paris-Charles de Gaulle, Paris-Orly e Paris-Le Bouget foi interrompida ontem às 20h locais (17h de Brasília), por motivos de segurança, algo que não ocorria desde 1974.

As companhias aéreas precisaram suspender centenas de voos. Somente a Air France cancelou mais de 200.


Aviões da Air France ficaram no páteo do aeroporto / AP

Apesar da reabertura, são esperados cancelamentos e atrasos ao longo do dia, já que as companhias aéreas devem reprogramar seus voos.

Os ventos, que chegaram a 137 km/h em alguns locais, diminuíram, mas ainda estão muito fortes, em torno de 80 km/ h.

Os cortes de eletricidade afetaram principalmente as regiões de Centre, Picardi, Auvernia e Limousin, onde 340 mil endereços ficaram às escuras, e de Gironde, Charente-Maritime e Vendée, onde os imóveis sem energia chegaram a 260 mil, segundo as companhias elétricas.

Além disso, os serviços meteorológicos aumentaram para 35 as regiões que permanecem em alerta laranja no centro, no norte e no oeste do país.

Em algumas cidades do sul, como Bordeaux, Poitiers e Brive, e na fronteira com a Espanha, o tráfego de caminhões foi interrompido por motivo de segurança.

Até o momento, os fortes ventos não causaram nenhuma vítima.

Leia mais sobre: tempestades

    Leia tudo sobre: paris

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG