Um projeto da Comissão Européia, órgão executivo da União Européia, propõe equipar os aeroportos do bloco com um sistema de raio-X capaz de revelar detalhes do corpo através da roupa dos passageiros. A tecnologia, já disponível em alguns aeroportos, consiste em uma cabine que tira três fotos dos passageiros em diferentes posições e o raio-X produz imagens do corpo da pessoa.

O que aparece na foto é a forma do corpo humano e tudo o que puder estar escondido, como moedas, armas ou drogas.

Um porta-voz da Comissão Européia disse à BBC que a ampliação do sistema poderia melhorar a segurança nos aeroportos e ainda agilizar o processo de check-in, já que os passageiros não precisariam ser revistados pelos oficiais.

Apesar de afirmar que as propostas ainda estão no estágio inicial e que a adoção do sistema não será obrigatória, a sugestão da Comissão Européia causou preocupação entre alguns membros do Parlamento Europeu.

Eles expressaram receio de que o sistema possa infringir os direitos humanos, a dignidade pessoal e a proteção de dados.

A Comissão Européia afirma que é dever do órgão garantir que as imagens não serão mais invasivas do que o necessário e que para isso, um livro de regras sobre o uso do equipamento será formulado.

Polêmica
Alguns críticos do novo sistema de raio-x argumentam que estão cientes dos potenciais benefícios da nova tecnologia, mas insistem que as medidas podem infringir alguns direitos individuais e que não foram avaliados corretamente.

"A medida é desnecessária, injustificável e invasiva", disse a irlandesa Bairbre de Brun, membro do Parlamento Europeu.

"A Comissão formulou este plano sem avaliar o impacto nos direitos fundamentais ou na saúde humana e nem mesmo avaliou se a relação custo-benefício vale a pena. Trata-se de um plano mal formulado", disse.

Já na opinião do representante italiano do Parlamento Europeu Marco Cappato, a Comissão "não analisou os riscos e os eventuais benefícios do ponto de vista da saúde, privacidade e segurança"
"Dezenas de milhões de pessoas em aeroportos europeus serão fotografadas digitalmente, quase como se estivessem nuas", disse Capato à BBC.

O comissário de Transportes da União Européia, Antonio Tajani, defende a adoção do novo sistema e afirma que todas as medidas preventivas serão tomadas quando a tecnologia for instalada nos aeroportos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.