Bagdá, 16 jun (EFE).- O aeroporto de Basra, no sul do Iraque, permaneceu hoje fechado durante várias horas após ter sido alvo de ataques com foguetes Katyusha, anunciou a agência iraquiana Aswat al-Iraq.

O lançamento de vários projéteis contra as instalações do aeroporto causou danos em sua pista e impossibilitou a aterrissagem e decolagem dos aviões, diz um porta-voz do Exército britânico citado pela agência de notícias. O tráfego retornou ao normal após serem reparados os danos causados pelos foguetes.

O porta-voz disse que o ataque seria dirigido contra as forças britânicas confinadas em uma base militar próxima ao aeroporto, 25 quilômetros ao oeste de Basra, apesar de nenhum soldado ter ficado ferido.

O Reino Unido tem cerca de quatro mil soldados destacados no Iraque e atualmente sua missão se limita a tarefas de pacificação e treinamento das tropas do Exército iraquiano.

Este ataque é o terceiro deste tipo em menos de duas semanas contra o aeroporto de Basra, situado 550 quilômetros ao sul da capital iraquiana.

Em outro incidente, pelo menos três pessoas ficaram feridas na explosão de uma bomba na entrada da Faculdade de Educação de Bagdá, segundo fontes policiais.

Entre os feridos está um professor da universidade, situada no bairro de Adhamiyah, no norte de Bagdá. EFE am/ev/fal

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.