Aeroporto chileno deve retomar voos ao exterior na sexta-feira

O governo chileno está avaliando os danos causados na pista e na torre de controle do aeroporto pelo terremoto de sábado para decidir se restabelece as decolagens e, consequentemente, os voos ao exterior, afirmou ao iG a assessoria de imprensa da Embaixada do Brasil em Santiago do Chile.

iG São Paulo |

Na noite de domingo, o Ministério de Obras Públicas do Chile informou que os voos internacionais devem ser restabelecidos na sexta-feira, dia 5 de março.

Segundo informa nesta segunda-feira o jornal chileno La Tercera, o setor de voos nacionais foi menos afetado pelo tremor e, por isso, as decolagens de voos domésticos poderiam ser autorizadas ainda nesta segunda-feira se não houver problemas com o sistema de distribuição de combustíveis aos aviões.

Reuters
Passarela de aeroporto desmoronou no terremoto

Passarela de aeroporto desmoronou no terremoto

O governo chileno fará uma reunião às 15 horas desta segunda-feira para decidir se esses voos serão retomados ainda hoje ou amanhã.

Por enquanto, o aeroporto segue aberto à chegada das aeronaves, mas não às decolagens. Pelo menos um voo da companhia aérea Lan Chile embarcou na madrugada desta segunda-feira do Aeroporto Internacional de Guarulhos (SP) com destino ao Chile .

Um outro voo, ainda sem horário confirmado, está programado para sair do Rio de Janeiro nesta segunda-feira. A aeronave fará escala em São Paulo antes de seguir para o Chile.

Segundo a assessoria da embaixada brasileira, como o governo chileno aconselhou a retirada dos edifícios antigos por risco de desmoronamento, o serviço consular foi transferido do consulado-geral brasileiro, no 15º andar de um edifício no centro de Santiago, para a casa de dois andares onde fica a sede da embaixada brasileira.

A instituição, porém, ainda estuda como prestará o serviço consular no local para auxiliar os brasileiros que queiram sair do Chile.

De acordo com a Agência Estado, durante o fim de semana mais de mil brasileiros procuraram auxílio na missão diplomática brasileira. Estima-se que haja 12 mil brasileiros vivendo no Chile.


Com EFE, Reuters e BBC

Leia também:

Leia mais sobre terremoto

    Leia tudo sobre: chileterremoto no chiletragédia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG