Aeronáutica confirma que partes de asa do avião foi encontrada

Brasília, 6 jun (EFE).- A Aeronáutica informou hoje que, além de dois corpos e outros destroços do avião da Air France que desapareceu no Oceano Atlântico com 228 pessoas a bordo, foram recuperadas partes de uma das asas do avião Airbus A330-200.

EFE |

"Além dos dois corpos e outros destroços, como uma poltrona do avião, partes de uma asa e outros restos foram localizados ao longo do dia", disse, em entrevista coletiva, o tenente-coronel Henry Wilson Munhoz Wender.

O porta-voz militar disse que a "prioridade" nas tarefas realizadas no Atlântico será "a recuperação de corpos", pois é necessário dar uma resposta rápida às famílias das vítimas.

Em entrevista coletiva anterior, o coronel Jorge Amaral havia declarado que, "durante a manhã de hoje, às 8h14, houve confirmação do resgate no mar de algumas peças e corpos que pertenciam ao Airbus" da companhia aérea francesa, que desapareceu após haver partido do Rio de Janeiro rumo a Paris.

Amaral disse que são dois corpos do sexo masculino, não identificados, e de objetos que poderiam pertencer ao avião, como uma poltrona da mesma cor (azul) utilizada pela empresa francesa, com o número de série 237011038331-0.

Esse número foi transmitido à Air France, a fim de que a empresa comprove se pertencia ao Airbus A330-200 que desapareceu no oceano, mas todos os indícios levam a acreditar nisso.

Também foram recolhidas em alto-mar uma bolsa de couro com uma passagem da Air France dentro, uma mochila que continha um notebook e uma bolsa com um certificado de vacinação, que podem pertencer a passageiros.

As buscas se concentram em torno de um raio de 220 quilômetros traçado a partir de um ponto onde acredita-se que pode ter caído o Airbus da companhia aérea francesa.

O local do impacto é calculado em um lugar próximo às ilhas de São Pedro e São Paulo, desabitadas e situadas a cerca de 704 quilômetros de Fernando de Noronha e a 1,296 mil quilômetros de Recife. EFE ed/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG