Aerokirchner, que está sendo preparado no Brasil, começa a operar em setembro

Buenos Aires, 15 abr (EFE).- A presidente da Argentina, Cristina Fernández de Kirchner, começará a usar em setembro um novo avião presidencial preparada segundo suas especificações no Brasil e que custará US$ 43 milhões, informou hoje a imprensa argentina.

EFE |

O "Aerokirchner", comprado junto à Embraer, está sendo preparado no Brasil e se trata de um Lineage 1.000, jato executivo que pode cobrir uma distância máxima de 7.778 quilômetros, informou o jornal "Ámbito Financiero".

O avião substituirá o Tango 01 comprado durante o Governo de Carlos Menem (1989-1999) e que apresentou vários problemas técnicos durante a gestão de seu marido e antecessor, Néstor Kirchner (2003-2007).

A presidente argentina não poderá realizar vôos transoceânicos com a nova aeronave presidencial, mas por outro lado gastará US$ 1,5 milhão a mais que o valor de compra da aeronave para a modificar a seu gosto.

Tanto o "Ámbito Financiero" como o "Crítica" especulam quais os elementos que Cristina Fernández quer acrescentar à aeronave - que terá capacidade para 19 passageiros e três tripulantes - como um aparelho para praticar pilates ou uma esteira para correr.

O Tango 01, que nos últimos anos deu alguns sustos ao casal Kirchner, tem uma cadeira de barbearia que foi colocado a pedido de Menem. EFE aal/fal

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG