Advogados tentam tirar Madoff da prisão provando que ele ainda tem milhões

Nova York, 13 mar (EFE).- Os advogados do americano Bernard Madoff recorreram da decisão do juiz de revogar a liberdade sob fiança do megainvestidor, que admitiu à Justiça ter montado um esquema de fraude multimilionário.

EFE |

Para isso, a equipe que defende Madoff apresentou uma documentação que mostra que a família do investidor ainda tem mais de US$ 800 milhões.

Num recurso apresentado hoje ao tribunal de apelações de Nova York, a defesa do americano de 70 anos tentou mostrar que o risco de o fraudador fugir é o mesmo de antes de quinta-feira, quando ele se declarou culpado de 11 delitos que podem levá-lo a ser condenado a 150 anos de prisão.

Madoff estava em liberdade sob fiança em seu luxuoso apartamento desde que, em 11 de dezembro, foi encontrado pelo FBI (a polícia federam americana) e confessou que tinha montado um esquema gigantesco que lhe permitiu desviar pelo menos US$ 50 bilhões em quase duas décadas.

A sentença final do caso está prevista para 16 de junho. EFE mgl/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG