Advogados querem que Madoff aguarde sentença em liberdade

Nova York, 19 mar (EFE).- Os advogados do americano Bernard Madoff entraram com um pedido hoje no Tribunal Federal de Apelação de Nova York para que o megainvestidor aguarde em liberdade a sentença final do caso.

EFE |

Madoff admitiu à Justiça ter montado um esquema de fraude multimilionário. A sentença está prevista para o mês de junho.

O jornal "The New York Times" publicou hoje em seu portal na internet que os juízes ouviram os argumentos da Promotoria de Nova York e dos advogados de Madoff, mas só divulgarão sua decisão daqui a alguns dias.

A concessão de liberdade sob fiança só é autorizada quando fica comprovado que o acusado não pode fugir, nem representa perigo à sociedade.

Segundo o jornal americano, o juiz Dennis Jacobs considerou relevante o fato de que, antes de ser detido em dezembro, Madoff poderia ter fugido, mas não o fez.

"Madoff poderia ter fugido sem despertar suspeitas, levando milhões de dólares e se instalando em algum país tropical", disse.

EFE mgl/plc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG