Os advogados do gestor de fundos americano Bernard Madoff recorreram da decisão de revogar a liberdade sob fiança, que levou à detenção de seu cliente, anunciou o tribunal nesta sexta-feira.

Detido em 11 de dezembro passado, Bernard Madoff, 70 anos, foi preso na quinta-feira depois de se declarar culpado de ter montado um gigantesco esquema de fraude. O juiz do tribunal de Nova York se recusou a prorrogar a prisão domiciliar, e Madoff passou ontem sua primeira noite na prisão.

mes/yw

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.