emocionalmente destruído - Mundo - iG" /

Advogado de Fritzl diz que ele está emocionalmente destruído

Amstetten - O advogado de Josef Fritzl, o aposentado austríaco que abusou sexualmente da filha durante 24 anos em um porão da localidade de Amstetten, e com a qual tem seis filhos, disse hoje que seu cliente tem um semblante sério, está consternado e emocionalmente destruído.

EFE |

Em declarações à agência "APA", o advogado Rudolf Mayer disse que conversou com o acusado durante dez minutos em sua cela na Procuradoria do estado federado da Baixa Áustria, em Sankt Pölten.

Mayer disse que ainda não falou com Fritzl sobre as acusações contra ele de ter abusado sexualmente da filha Elisabeth desde que ela tinha 11 anos, tê-la mantido em um cativeiro subterrâneo a partir dos 18 anos e ter tido sete filhos com ela.

"Não tivemos tempo para isso. Primeiro devo estudar a ata de investigação", disse o advogado.

O advogado afirmou que dá por certo que a Justiça ditará ainda hoje a prisão preventiva para seu cliente, decisão da qual não pretende recorrer.

Até a próxima revisão da ordem de prisão, em 13 de maio, o advogado quer estudar se as acusações são coerentes e, "depois, será possível determinar se está justificado um encarceramento posterior".

Josef Fritzl confessou ontem que manteve a filha trancada durante 24 anos, que a agredia e estuprava sistematicamente e é o pai de sete filhos que Elisabeth deu à luz em condições subumanas. Uma das crianças morreu três dias depois do parto.

Três dos filhos foram criados pela família, com a desculpa de que Elisabeth os teria deixado na porta da casa dos pais, enquanto os outros três permaneceram durante toda a vida no cativeiro, até serem libertados.

    Leia tudo sobre: áustria

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG