Viena, 8 mai (EFE).- A austríaca Elisabeth Fritzl, vítima de um dos maiores casos de abuso sexual da história da Áustria, aparecerá em público junto com sua família no momento em que for oportuno, de forma ainda a ser revelada, segundo anunciou hoje sua nova advogada, Eva Plaz.

Em declarações publicadas hoje pela agência austríaca "APA", a advogada disse que se reuniu ontem com Elisabeth e seus filhos, frutos de uma relação incestuosa com seu pai, Josef Fritzl.

Eva Plaz disse também que não pensa em dar mais entrevistas até que tudo tenha sido resolvido com Elisabeth, seus filhos e sua própria mãe, com quem está agora.

Elisabeth Fritzl, cinco de seus seis filhos e sua mãe, Rosemarie, vivem desde o final do mês passado em uma clínica de psiquiatria em Amstetten.

Após a revelação do caso em 27 de abril, muitos jornalistas fazem plantão nas imediações da clínica para tentar captar imagens da família Fritzl.

Há poucos dias, seguranças do hospital descobriram um fotógrafo disfarçado de policial que tentava entrar no recinto. EFE rs/rr/gs

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.