Adversários impedem comício de presidente deposto do Quirguistão

Moscou, 15 abr (EFE).- Adversários do presidente deposto do Quirguistão, Kurmanbek Bakiev, lhe impediram nesta quinta-feira de realizar um comício na cidade de Osh, sul do país, e seus guarda-costas tiveram que atirar para o alto para que a multidão abrisse passagem.

EFE |

Bakiev discursava em palanque montado em uma praça onde estavam cerca de 500 de seus partidários, quando um grupo de opositores chegou ao local, segundo a agência russa "Interfax".

Os guarda-costas de Bakiev, então, dispararam tiros para o alto e o levaram para o interior de um teatro.

Depois, um carro chegou à entrada do edifício para buscar o presidente deposto. Enquanto o veículo se afastava do lugar, foi atingido por pedras jogadas por alguns dos manifestantes que invadiram o comício.

Depois, os partidários do novo Governo de confiança popular quebraram o palanque e tiraram os seguidores de Bakiev da praça.

Enquanto isso, na praça central de Osh, cerca de quatro mil pessoas se reuniram para expressar apoio ao Governo provisório, liderado pelo novo líder quirguiz, Rosa Otunbayeva. EFE egw/fm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG