tem que melhorar , diz preimê chinês - Mundo - iG" /

Adulteração do leite mostra que China tem que melhorar , diz preimê chinês

Tianjin (China), 27 set (EFE).- O primeiro-ministro chinês, Wen Jiabao, disse hoje no Fórum Econômico Mundial realizado em Tianjin, no norte da China, que o caso de adulteração do leite em pó infantil, que já causou a morte de quatro bebês na China e deixou 53 mil afetados, mostra que a China ainda tem que melhorar.

EFE |

"Em nosso processo de modernização, ainda temos que resolver problemas e melhorar", disse Wen na abertura do plenário do Fórum, conhecido como "Davos de verão".

O primeiro-ministro chinês, recém-chegado de Nova York, onde assistiu à 63ª Assembléia Geral das Nações Unidas, disse que seu Governo tem que colocar "mais ênfase" ao desenvolvimento ético e moral.

"A situação ainda não está resolvida, mas quero garantir que tomamos ações rapidamente", disse, além de reiterar sua determinação de superar as dificuldades.

Além disso, Wen disse que será iniciado um plano para garantir a qualidade de toda a indústria alimentícia chinesa.

Neste sentido, o primeiro-ministro agradeceu publicamente o gesto do comissário de Comércio da União Européia (UE), Peter Mandelson, em visita oficial à China e que ontem apareceu em entrevista coletiva em Pequim saboreando um iogurte chinês.

"Comoveu-me profundamente", disse o chefe do Executivo chinês.

"Quando aparece um problema, não escondemos as coisas, mas as enfrentamos. Essa é a maneira", disse Wen, diante das críticas de que as autoridades chinesas não divulgaram as mortes dos bebês e esconderam o caso até que terminassem os Jogos Olímpicos.

O escândalo do leite adulterado com melamina, uma substância tóxica que engana os detectores de proteínas, envolve várias das mais importantes companhias de laticínios da China e levou à hospitalização de quase 13 mil crianças. EFE gmp/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG