Adolescentes de 13 e 15 anos viram pais mais jovens da Alemanha

Berlim, 15 abr (EFE).- Os adolescentes Kathrin, de 13 anos, e Christian, de 15, se tornaram os pais mais jovens da Alemanha após o nascimento de sua filha, Selina.

EFE |

Segundo publica hoje o diário local "Bild", Kathrin deu à luz seu bebê na madrugada da última terça-feira, em um hospital de Bergisch Gladbach, no oeste da Alemanha.

"A criança é incrivelmente bonita", disse a mãe, que minimizou a importância das dificuldades do parto, que durou mais de 12 horas, e afirmou que esperava que as dores fossem "muito piores".

O pai da criança esteve presente durante o parto, segurou a mão da namorada e cortou o cordão umbilical da filha, que tem de 2,9 quilos e 49 centímetros, como conta o jornal "Bild" através de uma série de fotos.

Kathrin, junto a sua filha, será levada em breve a uma casa de amparo a mães e crianças já que seus pais não podem ajudá-la a criar o bebê "por motivos de saúde".

Martin Rölen, porta-voz da cidade de Bergisch Gladbach, explica que possivelmente será nomeado um tutor para Selina, já que sua mãe só poderá tomar decisões importantes relativas à filha uma vez que chegue à maioridade, que na Alemanha é de 18 anos.

Christian só poderá ver a filha uma vez por semana, de acordo com as normas de visitas estabelecidas pela residência onde o bebê ficará.

"Como vou assumir minha responsabilidade se só posso ver Selina tão pouco? Quero ajudar minha filha e apoiar Kathrin", disse o adolescente. EFE nvm/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG