Adolescentes atacam escola e ferem 19

SYDNEY, Austrália - Cinco adolescentes atacaram uma escola em Sydney nesta segunda-feira. Munidos de tacos de baseball e machetes eles quebraram janelas e deixaram 19 pessoas feridas, informou a polícia local.

AP |

Os cinco, de idades 14 e 16, foram presos após o ataque à escola Merrylands High School e devem ser acusados por danos intencionais, ataque e perturbação da paz, afirmou o inspetor detetive Jim Stewart. Eles podem ser condenados a até sete anos de prisão.

Um professor foi levado ao hospital depois de ser atingido na cabeça com um taco de baseball ao tentar impedir o ataque e 18 estudantes foram atendidos no local com ferimentos leves, disse Stewart.

"É difícil de acreditar que eles tentariam este tipo de atividade contra estudantes inocentes", afirmou Stewart sobre os adolescentes. A polícia está questionando os menores sobre as razões para o ataque.

O drama aconteceu em meio à uma reunião dos estudantes no pátio da escola por volta das 9h (22h GMT de domingo). Quando os adolescentes apareceram munidos os professores instruíram uma retirada para as classes, onde todos tentaram se proteger do ataque.

Pais preocupados correram para a escola depois que o ataque foi noticiado.

Stewart disse que os cinco adolescentes desafiaram professores que tentaram impedi-los, mas não tentaram resistir à polícia e entregaram suas armas sem luta.

    Leia tudo sobre: austrália

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG