Adolescente passa dias preso sobre bloco de gelo com ursos polares

Um adolescente canadense foi resgatado após passar três dias preso sobre um bloco de gelo flutuando no Mar Ártico, junto com ursos polares, a uma temperatura de até -20ºC.

BBC Brasil |

Jupi Angootealuk, de 17 anos, da comunidade inuit (esquimó) do território de Nunavut, no norte do Canadá, tinha ido caçar com seu tio, na última sexta-feira, no litoral da Baía de Hudson.

Um dos snowmobiles que eles levavam quebrou e, ao sair para buscar ajuda, ainda com sua espingarda, o jovem acabou preso em um bloco de gelo que se despegou.

A operação de resgate foi lançada quando os dois foram dados como desaparecidos. O tio, de 56 anos, foi retirado do local dois dias depois, mas foi necessário mais um dia até que Jupi pudesse ser socorrido.

Em entrevista à BBC, Jean Pierre Sharp, do Centro de Coordenação de Resgates de Trenton, no Estado de Ontário, o garoto teve que atirar em uma fêmea de urso polar que o seguia, deixando seus dois filhotes órfãos.

Mantimentos

Jupi agora está internado com hipotermia leve e ulcerações provocadas pelo frio extremo.

Segundo Sharp, o resgate também foi dramático, já que o adolescente foi avistado pelas equipes no domingo, mas só foi reencontrado na segunda-feira, a 7 km da costa e a 45 km da cidade mais próxima.

As equipes conseguiram jogar um kit de emergência contendo alimentos para ele, a partir de um avião.

Mas apenas na segunda-feira, paraquedistas foram enviados ao local para ajudá-lo, juntamente com outros profissionais em um pequeno barco de alumínio.

Outro funcionário do Centro de Coordenação de Resgates contou ao jornal canadense The Globe and Mail que Jupi foi aplaudido por moradores e amigos ao voltar para seu vilarejo, Coral Harbour.

Leia mais sobre esquimós

    Leia tudo sobre: gelo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG