Adolescente palestino morre por disparos israelenses em protesto em Hebron

Ramala, 16 jan (EFE).- As forças de segurança israelenses mataram hoje um adolescente palestino e feriram 50 participantes de uma manifestação em Hebron contra a ofensiva militar de Israel contra a Faixa de Gaza, disseram fontes sanitárias locais.

EFE |

O menor, identificado como Musab Daana, de 15 anos, morreu devido aos disparos das forças de segurança israelenses.

Um porta-voz do Exército israelense disse à Agência Efe que estão investigando o ocorrido.

O protesto teve a participação de milhares de pessoas e ocorre no momento em que o ataque israelense a Gaza completa três semanas.

Além de em Hebron, grupos de jovens palestinos protagonizaram manifestações de protesto em Jerusalém Oriental.

As forças de segurança israelenses tinham se mobilizado desde o início do dia na Cidade Antiga de Jerusalém, prevendo manifestações na saída das mesquitas após a oração das sextas-feiras.

Muawiya Hassanein, chefe dos serviços de emergência na Faixa de Gaza, cifrou em 1,133 mil o número de mortos e em mais de 5 mil o de feridos até o meio-dia de hoje devido à ofensiva militar israelense.

EFE fn-db-amg/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG