Um adolescente palestino foi gravemente ferido quando soldados israelenses abriram fogo nesta quarta-feira em Beit Omar, perto de Hebron, no sul da Cisjordânia, informou uma fonte médica palestina.

Mahdi Abu Ayache, 16 anos, foi baleado na cabeça quando os soldados atiraram, com balas de borracha e balas reais, para dispersar um grupo de manifestantes palestinos que atiravam pedras, destacou a fonte do hospital Ahli, de Hebron, qualificando o estado do adolescente de "grave".

Questionado pela AFP, um porta-voz militar israelense confirmou que "uma patrulha do Exército teve que atirar para dispersar manifestantes que a atacaram com pedras e garrafas".

No entanto, segundo o porta-voz, "os soldados informaram que não houve feridos, e não recebemos nenhuma queixa sobre este assunto".

str/yw/sd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.