Adolescente é atacado por quatro cachorros de caça na Nova Zelândia

WELLINGTON, Nova Zelândia - Uma motorista salvou a vida de um adolescente ao puxá-lo para dentro de seu carro quando ele foi atacado por cachorros caçadores de javalis na Nova Zelândia.

AP |

Os animais mestiços, mistura das raças pitbull e greyhound, escaparam do jardim de seus donos e atacaram o jovem de 13 anos que passeava de bicicleta na cidade de Waitoa, Iha do Norte, disse o chefe de polícia Rod Smart.

O menino se recupera depois de mais de seis horas de cirurgias para tratar mais de 100 mordidas em seus braços e pernas, muitas das quais atingiram o osso, afirmou a responsável pelo Hospital Waikato, Dr. Fiona Neary.

Os animais foram executados imediatamente pela patrulha local.

"O dono dos cães tentou tirá-los de cima do menino. Ele tentou o melhor que pode, mas não deu conta de todos os quatro animais", disse Smart.

A motorista, Jenny Robinson, disse que teve medo de intervir "mas quando vi o menino simplesmente esqueci de tudo e pensei apenas nele".

Ela o levou a seu carro enquanto os animais continuavam a atacá-lo. Eu fiquei "absolutamente aterrorizada, mas simplesmente fiz o que achei certo por impulso", ela disse.

Neary confirmou que os cirurgiões operaram o menino durante seis horas.

"Eu nunca vi ferimentos tão extensos", ela disse.

Uma mulher e um homem morreram em ataques recentes de cachorros e diversas crianças foram seriamente feridas.

As leis de controle de cachorros na Nova Zelândia foram modificadas e exigem a execução de animais envolvidos em ataques.

Leia mais sobre: Nova Zelândia

    Leia tudo sobre: apcachorronova zelândia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG