Adiado julgamento de brasileiro por tentativa de matar compositor colombiano

Miami, 18 ago (EFE).- O julgamento contra o brasileiro Francisco S.

EFE |

Oliveira, acusado de tentar assassinar o compositor colombiano Estéfano, foi adiado sem data definida por causa da chegada à Flórida da tempestade tropical "Fay", informaram hoje fontes judiciais.

A proximidade de "Fay", que deve atingir a costa oeste da Flórida amanhã, obrigou também o fechamento de edifícios públicos e colégios nos estados de Miami-Dade, Broward e Monroe, na costa leste, onde poderá haver fortes chuvas e inundações.

O brasileiro é acusado de disparar contra Estéfano e ferir o compositor gravemente em 26 de maio de 2007 na casa do compositor, a quem teria ido entregar maconha, segundo documentos judiciais.

Oliveira, de 31 anos, enfrenta a acusação de tentativa de assassinato premeditado e poderia ser condenado à prisão perpétua, se for considerado culpado.

Frank Rubio, advogado do brasileiro, disse à Agência Efe que o julgamento deve durar uma semana e que Fabio Alonso Salgado, nome verdadeiro de Estéfano, de 39 anos, está em sua lista de pessoas que deverão testemunhar.

O compositor colombiano, que trabalhou como produtor e compôs músicas para artistas como Gloria Estefan, Marc Anthony, Shakira, Ricky Martin, Julio Iglesias e Enrique Iglesias, poderia testemunhar no terceiro dia do julgamento, disse Rubio.

O brasileiro, que trabalhou durante cinco anos para Estéfano na residência do compositor em Miami Beach (Flórida), se declarou inocente e seu advogado afirma que provará isso durante o julgamento.

Durante o processo de seleção do júri, os candidatos serão entrevistados pelo advogado de defesa e pelos promotores para determinar o quanto sabem do caso através da imprensa.

O júri será formado por doze pessoas, seis principais e seis suplentes.

O julgamento acontecerá em um tribunal de Miami, será presidido pelo juiz Orlando Prescott e a promotora principal é Alicia García.

EFE emi/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG