Adeptos da cura por contatos com alienígenas se reúnem no Uruguai

Montevidéu, 7 ago (EFE).- Mais de duas mil pessoas que acreditam na cura por meio de encontros místicos com alienígenas se reuniram nesta quinta-feira e hoje em uma região rural do Uruguai, informa a edição digital do jornal El País.

EFE |

A organização "Casa Redención" reuniu este grupo na localidade de San Mauricio, a cerca de 450 quilômetros ao nordeste de Montevidéu, para orar e refletir na busca da cura "cósmica".

A "Casa Redención" está construindo nesse lugar um centro de cura "planetária" de 1.200 metros quadrados. Os que entraram no recinto para o encontro místico não podiam portar câmaras de vídeo ou celulares.

Segundo o jornal, os organizadores vincularam estes dias de reflexão tanto à presença de ovnis, quanto às doutrinas do místico e estigmatizado frade italiano Padre Pio, canonizado em 16 de junho de 2002 pelo papa João Paulo II sob o nome de São Pio de Pietrelcina.

Há nos arredores de San Mauricio um santuário dedicado ao santo em um local chamado La Aurora, onde pessoas afirmam ter visto ovnis, estranhas luzes no céu e fenômenos paranormais desde meados dos anos 70.

As atividades desta nova congregação mística mobilizaram o setor turístico da região, conhecida por suas fontes de águas termais. Os hotéis ficaram lotados durante toda a semana devido à reunião, com clientes brasileiros, argentinos, paraguaios e venezuelanos.

Em Piriápolis, no leste do Uruguai, a Missão Rahma, organização dedicada a estabelecer contato com seres extraterrestres, acaba de concluir uma reunião de seis dias com a participação de 240 pessoas de 13 países.

Em entrevista ao site do "El País", Richard Karlen, da Missão Rahma, disse que este encontro estava previsto há mais de um ano para coincidir com a visita de "entidades extraterrestres" anunciada por alienígenas em um encontro anterior. EFE amr/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG