Acusados de causar incêndios na Argentina são libertados

Buenos Aires, 10 mai (EFE).- As pessoas indicados como responsáveis de iniciar as queimadas que causaram a fumaça que cobriu Buenos Aires estão em liberdade, depois que a Justiça ditou a libertação e a falta de mérito para os acusados, informou hoje a imprensa local.

EFE |

Na causa judicial, estão três pessoas processadas e libertadas e outra com falta de mérito, enquanto o produtor José Antonio Pazzaglia, que estava foragido, foi eximido de prisão sob palavra.

Só falta resolver a situação de outra pessoa que tem pedido de captura e pediu uma isenção de prisão, disseram fontes judiciais.

As autoridades argentinas culparam os proprietários de campos por fazer queimadas para favorecer a renovação do pasto para o gado e rejeitaram as acusações de imprevisão no combate dos incêndios, que afetaram cerca de 70.000 hectares de campo em abril passado. EFE ms/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG