conspiração , cônsul colombiano em Maracaibo renuncia - Mundo - iG" /

Acusado por Chávez de conspiração , cônsul colombiano em Maracaibo renuncia

Bogotá, 1 dez (EFE).- A Chancelaria colombiana informou hoje à agência Efe que seu cônsul na cidade venezuelana de Maracaibo, Carlos Galvis Fajardo, renunciou após ser acusado pelo presidente venezuelano Hugo Chávez de conspirar contra ele.

EFE |

Fajardo "apresentou sua renúncia e ela foi aceita", precisou a fonte.

Um programa da televisão venezuelano divulgou no sábado um suposto diálogo telefônico entre Fajardo e o assessor presidencial colombiano José Obdulio Gaviria no qual o diplomata mostra satisfação pelo triunfo de dois opositores a Chávez nas recentes eleições regionais.

No domingo, o próprio Chávez pediu à Colômbia a retirada imediata do cônsul, ao acusá-lo de estar envolvido em supostos planos desestabilizadores contra seu Governo.

Bogotá "apresentará hoje duas notas a Caracas", disse à Efe a fonte, explicando que, na primeira, "o Governo colombiano vai a expressar seu desagrado pela chamada" ao até hoje cônsul na capital do estado do Zulia, na fronteira entre os dois países.

A segunda nota, acrescentou a fonte, é uma queixa "por haver maltratado a Colômbia no programa de televisão" no qual foi divulgada a conversa de Galvis Fajardo.

O cônsul dialogou ontem com o chanceler colombiano, Jaime Bermúdez, e em uma entrevista à cadeia privada de notícias venezuelana "Globovisión" negou estar envolvido em qualquer complô contra o Governo de Chávez. EFE rrm/jp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG