Acusado por ataques em Mumbai tem novo advogado

Nova Délhi, 16 abr (EFE).- Abbas Kazmi, advogado com experiência na defesa de acusados por ataques terroristas foi designado hoje para representar o paquistanês Mohammed Ajmal Amir, conhecido como Kasab, único homem apontado como participante do atentado de Mumbai a ser capturado vivo na Índia.

EFE |

O atentado, que durou três dias, em novembro do ano passado, aterrorizou a cidade portuária indiana, onde os terroristas mataram 179 pessoas.

O juiz especial M.L. Tahilyani nomeou Kazmi, após retirar ontem do caso a primeira advogada de defesa, Anjali Waghmare, depois de descobrir que ela também orientava uma das testemunhas.

Após a troca, o acusado compareceu ontem pela primeira vez em pessoa ao juiz -até então, só o tinha feito por videoconferência- e requereu para sua defesa os serviços de um advogado paquistanês.

O promotor do caso, Ujjwal Nikam, disse hoje à corte que o pedido foi repassado ao Paquistão, mas ainda não obteve resposta, segundo a agência de notícias "PTI".

Kazmi já defendeu diversos acusados por outro ataque terrorista em Mumbai, que deixou 257, em março de 1993.

O julgamento por este caso terminou somente em 2007, com 100 condenados, algunss deles è pena de morte. EFE sp/jp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG