Acusado mata promotor a tiros em pleno julgamento na Alemanha

Promotor de 31 anos foi atingido três vezes. 'Muitas testemunhas ficaram em estado de comoção', disse porta-voz da polícia

iG São Paulo |

Um acusado matou a tiros um promotor em pleno julgamento nesta quarta-feira em um tribunal administrativo de Dachau, no sul da Alemanha, informaram a polícia e o Ministério da Justiça da região da Baviera.

AP
Carros de polícia são vistos na frente de corte em Dachau, sul da Alemanha, onde réu matou promotor a tiros
O réu de 54 anos abriu fogo primeiramente contra o juiz antes de disparar contra o promotor, que foi atingido três vezes - no braço, abdome e ombro - e levado a um hospital, onde morreu posteriormente. "Muitas testemunhas do incidente ficaram em estado de comoção", declarou Peter Griesser, porta-voz da polícia.

Relatos não confirmados indicam que a vítima tinha 31 anos, era de Munique e trabalhava havia apenas um ano na promotoria da Baviera.

O agressor, acusado supostamente de falhar em pagar dezenas de milhares de euros em contribuições nacionais de seguro, foi rendido e levado sob custódia. Se condenado, teria de pagar uma multa ou poderia ser sentenciado a cinco anos.

A segurança nas cortes da Alemanha foi aprimorada em anos recentes por causa de vários ataques prévios contra juízes e promotores. Em abril de 2009, um homem matou uma mulher em uma corte em Landshut, a nordeste de Munique, por uma disputa de herança. Cinco meses mais tarde uma egípcia foi esfaqueada fatalmente em Dresden, no leste do país.

*Com BBC e AFP

    Leia tudo sobre: alemanhabaviera

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG