PALERMO - Um venezuelano acusado de tráfico de drogas citou o nome do presidente Hugo Chávez na relação das testemunhas de defesa para seu julgamento, em um tribunal na cidade de Palermo, na Sicília, sul da Itália.

Segundo os advogados de Alex Del Nogal, acusado de fazer parte de um grande esquema de tráfico de drogas entre a Venezuela e as regiões da Sicília, Abruzzo e Puglia, as autoridades italianas não podem se pronunciar sobre o caso enquanto este não for julgado na Venezuela.

Del Nogal realmente conheceu Chávez quando os dois, após a tentativa de golpe em 2002, ficaram detidos na mesma prisão.

Após ter sido nomeado presidente, Chávez agradeceu Del Nogal, que estava na prisão por homicídio. O irmão de Del Nogal, Richard, já foi condenado a 14 anos de prisão também pelo crime de tráfico de drogas.

Leia mais sobre: Hugo Chávez

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.