Nova York, 10 mar (EFE).- O megainvestidor americano Bernard Madoff foi acusado hoje de 11 crimes relacionados a práticas de fraude e lavagem de dinheiro, motivo pelo poderá pegar até 150 anos de prisão, informou hoje a Promotoria de Nova York.

Em comunicado, as autoridades destacaram que o financista, em prisão domiciliar desde dezembro, não negociou nenhum acordo com a Promotoria para se declarar culpado destas acusações. EFE mgl/sc

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.