SANAA (Reuters) - O nigeriano acusado de tentar explodir um avião que seguia rumo aos EUA se encontrou com um clérigo muçulmano norte-americano no Iêmen durante sua permanência no país, informou uma alta autoridade do governo nesta quinta-feira. De acordo com nossas investigações, o nigeriano foi a Shabwa (província) e se encontrou com Anwar al-Awlaki, disse Rshad al-Alimi, vice-primeiro-ministro de Defesa e Segurança, durante coletiva de imprensa.

Acredita-se que Awlaki, um clérigo radical ligado a um atirador que causou tumulto na base militar norte-americana no Texas, teria morrido posteriormente num ataque aéreo sobre militantes da Al Qaeda no mês passado.

(Reportagem de Mohammed Ghobari e Mohamed Sudam)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.