Londres, 10 jul (EFE).- Um homem de 33 anos acusado do assassinato de dois estudantes franceses compareceu hoje ao tribunal de Greenwich (sul de Londres), e deverá se apresentar novamente à Justiça em 16 de outubro, determinou hoje a corte.

Nigel Farmer é acusado do assassinato dos franceses Laurent Bonomo e Gabriel Ferez, brutalmente apunhalados em um apartamento do bairro de New Cross em 29 de junho, e cujos corpos foram posteriormente queimados.

Além do assassinato dos dois jovens, Farmer é acusado de causar um incêndio no imóvel e de obstaculizar o trabalho da Justiça, anunciaram hoje fontes judiciais.

Em 16 de outubro, Farmer, que se entregou à Polícia no último dia 7, deverá comparecer ao tribunal penal de Old Bailey.

Segundo a Scotland Yard, Bonomo e Ferez sofreram ao todo de 243 punhaladas no peito, pescoço e cabeça antes de seus corpos serem queimados.

Após sua detenção, Farmer teve que receber, sob vigilância policial, assistência em um hospital devido à gravidade das queimaduras em suas mãos e braços.

Outro suspeito do caso, um jovem de 21 anos detido no sábado passado, foi libertado sem acusações no dia seguinte.

No domingo, Françoise e Olivier Ferez, pais de Gabriel, pediram ajuda à população britânica para deter o responsável pelo crime e fazer justiça.

Bonomo e Ferez, estudantes de bioquímica na França, vieram a Londres para cursar genética no Imperial College durante um período de três meses. Os dois jovens chegaram à capital britânica no começo de maio e pretendiam voltar a seu país no fim de julho. EFE vg/ev/gs

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.