Los Angeles (EUA), 19 fev (EFE).- O ator Sean Penn foi acusado hoje em um tribunal de Los Angeles de agredir um fotógrafo e pode ser condenado a até 18 meses de prisão.

O caso foi apresentado pelos advogados da cidade. A primeira audiência será no próximo dia 22 de março, na Corte Superior do condado de Los Angeles.

A agressão teria acontecido em 2 de outubro na saída de um centro comercial na Califórnia e foi grava em vídeo por repórteres do site "TMZ".

Em 1987, Sean Penn passou 33 dias na prisão por agredir um paparazzi. EFE fmx/rr

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.